Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Turismo credencia 316 agências para receberem turistas chineses no Brasil
Início do conteúdo da página
Institucional

Turismo credencia 316 agências para receberem turistas chineses no Brasil

Cadastro, exigência do governo da China, teve crescimento de 5% em relação a 2015. O procedimento deve ser feito anualmente

  • Publicado: Quinta, 29 de Dezembro de 2016, 14h07
  • Última atualização em Quinta, 29 de Dezembro de 2016, 14h07

 

Por Gabriel Fialho

 

Crédito: Banco de imagens/Embratur

A lista com as agências de viagens aptas a receberem turistas chineses no Brasil em 2017 foi divulgada nesta quinta-feira (29) no Diário Oficial da União. O Ministério do Turismo credenciou 316 empresas, um aumento de 5% em relação a 2015. A Pasta, único órgão responsável pelo processo, encaminhará os dados dos cadastrados para a Embaixada da China. Em 2015, 53.064 turistas chineses visitaram o Brasil.

“A China é o maior emissor global de turistas e representa um importante mercado para o Brasil. O cadastro está em acordo com o Memorando de Entendimento entre os dois países e representa uma segurança para quem contrata os serviços. Se quisermos elevar o patamar do Brasil na recepção de viajantes, a oferta de pacotes que atendam às expectativas dos turistas é fundamental”, analisou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

O credenciamento é uma exigência do governo chinês para que agências brasileiras ofereçam pacotes e possam receber turistas daquele país no Brasil. Para participar do processo, as empresas precisam estar regularizadas no Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor, o Cadastur, do Ministério do Turismo.

Além disso, os interessados devem declarar ciência dos termos do Memorando de Entendimento firmado entre o Ministério do Turismo do Brasil e a Administração Nacional de Turismo da República Popular da China para a facilitação de viagens de grupos de turistas chineses ao país. Por fim, o interessado deve aceitar o Termo de Responsabilidade e solicitar sua inscrição no ADS CHINA.

O Ministério abriu chamada pública para o cadastro no dia 8 de novembro no Diário Oficial da União. As inscrições, feitas pela internet, foram encerradas no dia 22 de dezembro. 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página