Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
economia

População elege marca para representar Brasília

Brasília Monumental foi escolhida entre mais de 500 projetos que disputaram a proposta da Fecomércio de criar uma nova identidade visual do Distrito Federal

  • Publicado: Segunda, 04 de Dezembro de 2017, 09h20
  • Última atualização em Segunda, 04 de Dezembro de 2017, 09h20

Por Geraldo Gurgel

01 12 marcas bsb fecormecio capa

A capital da República tem uma nova identidade visual. O resultado do Concurso Marca Brasília foi anunciado na última semana, depois de dois meses de votação popular. A marca vencedora foi criada pelo estudante de Design Gráfico Igor Guimarães Borges, 21 anos, e recebeu 46% dos votos pela internet. Ele recebeu um prêmio de R$ 20 mil pela criação. O segundo colocado conquistou 34% e o terceiro 20%. A iniciativa da Câmara de Turismo da Fecomércio-DF contou com a parceria de universidades e instituições públicas e privadas ligadas ao turismo de Brasília.

A nova marca reproduz o nome da cidade com o uso de traços que remetem aos monumentos e a arquitetura horizontal da cidade. O conceito foi moldado a partir da forma arquitetônica modernista de Brasília, e inspirado, principalmente, nos projetos de Oscar Niemeyer. O conjunto de obras dispostas horizontalmente é representado por uma tipologia leve e alongada em tom de azul claro, familiares aos traços do arquiteto. Ela traz em seu conceito o minimalismo, a ideia de horizonte, cidade céu e cidade monumental.

A proposta da logo é fomentar o turismo de Brasília com a promoção e valorização da identidade da capital federal. “Toda capital do mundo tem a sua marca e com Brasília não poderia ser diferente. Com o passar do tempo, a marca se tornará uma referência da cidade e com certeza movimentará o turismo da capital e da região Centro-Oeste”, afirma Adelmir Santana, presidente da Fecomércio-DF.

O turismo cívico, de eventos e de natureza e aventura movimentam a economia de Brasília. Os visitantes geram demandas que ampliam o consumo de bens e serviços, gerando emprego e renda para a população local. A marca vencedora (www.marcabrasilia.com.br) poderá ser livremente comercializada, podendo ser aplicada em materiais de divulgação e promoção de qualquer natureza, em produtos e serviços, e em qualquer meio de divulgação e mídia.

No total, o concurso recebeu 515 inscrições de todo o Brasil entre maio e agosto deste ano. Uma comissão técnica escolheu dez propostas. Posteriormente, as marcas foram avaliadas por uma comissão universitária que definiu as três mais representativas. Por último, as marcas finalistas disputaram uma votação pela internet. O resultado do projeto eleito pelo público foi divulgado na noite da última quinta-feira (30).

registrado em:
Fim do conteúdo da página