Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Institucional

Turismo participa da Marcha dos Prefeitos em Brasília

Ministério do Turismo promove balcão de atendimento aos prefeitos para informar sobre programas e ações da Pasta

  • Publicado: Quinta, 18 de Maio de 2017, 16h42
  • Última atualização em Quinta, 18 de Maio de 2017, 16h59

Por Geraldo Gurgel


Crédito: Gustavo Messina/ MTur

Técnicos do Ministério do Turismo participam desde a segunda-feira (15) da 20ª edição da Marcha dos Prefeitos. O encontro, realizado em Brasília, reúne prefeitos de todas as regiões do Brasil. No local, o atendimento aos gestores municipais está sendo feito em um balcão da Pasta. Os prefeitos tiram dúvidas e recebem informações sobre os programas e ações da Pasta e o andamento dos projetos, além da liberação de recursos para as obras em execução.

Segundo Felipe Mota, da Diretoria de Infraestrutura Turística do Ministério do Turismo, tramitam atualmente cerca de 5 mil projetos, sendo a maioria contratados com os municípios, no valor de R$ 2 bilhões. “São obras estruturantes de acessibilidade, urbanização e sinalização turística, entre outras, que fortalecem a atividade e fazem a economia local girar com a atração de visitantes aos diversos atrativos e roteiros turísticos brasileiros”, destacou.


Crédito: Gustavo Messina/ MTur

A palestra direcionada aos gestores de cidades históricas, turísticas e patrimônio mundial, também contou com a participação do diretor do Departamento de Ordenamento Turístico (Deotur), Rogério Cóser. Ele alertou os prefeitos para que os municípios estejam regulares no Mapa do Turismo Brasileiro, ferramenta que auxilia a Pasta na gestão e direcionamento dos recursos voltados para infraestrutura, qualificação e promoção dos destinos.

“Nossa missão é promover os destinos, dotá-los de infraestrutura e serviços de qualidade para o bom atendimento aos visitantes e, assim gerarmos mais oportunidades de emprego e renda, além de proporcionar melhor qualidade de vida para a população”, disse Coser.

O município de Novo Airão, no interior do Amazonas, é um exemplo de destino que precisa de apoio e busca se estruturar para receber visitantes do mundo inteiro. Segundo o prefeito Wilton Santos, 85% do território são de áreas protegidas, como Anavilhanas e Jaú, consideradas reserva da biosfera e patrimônio natural mundial, bem como parques estaduais e reservas indígenas. A cidade busca reconhecimento histórico por ter sido uma das primeiras povoações da Amazônia. O encontro, que recebeu seis mil participantes, sendo três mil prefeitos, termina nesta quinta-feira (18).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página